Avaliando a utilidade do gerador de energia a gasolina

São vários os ambientes que não podem ficar sem energia elétrica, mesmo durante curtos períodos. Os principais casos são instituições como as de saúde (hospitais, maternidades, clínicas, etc.), que não podem correr o risco de ter o funcionamento de seus equipamentos interrompido de forma alguma.

gerador de energia a gasolina

Ambientes industriais ou empresas de diversos setores também não podem se expor a esse risco, uma vez que a falta de energia elétrica pode acarretar em atrasos e outros prejuízos para a produção. Fatores como esses tornam o gerador de energia um equipamento de grande importância.

Entre as opções de geradores, podemos encontrar diversos modelos, com variações como o tipo de combustível que utilizam. Cada opção possui características que devem ser conhecidas e respeitadas, de modo que sejam utilizados os geradores mais funcionais para cada tipo de necessidade.

Os ambientes acima mencionados, por se tratar de empreendimentos que necessitam de grandes abastecimentos de energia, precisam de geradores com potência suficiente para a alimentação de todos os equipamentos usados no local. Porém, existem também geradores voltados para necessidades menores, como é o caso do gerador de energia a gasolina. A capacidade de geração de energia desse equipamento é suficiente para ambientes como comércios de pequeno porte ou residências.

O funcionamento do gerador de energia a gasolina é bastante simples. Através de um motor movido a combustão de gasolina, o equipamento obtém energia mecânica (a energia do movimento realizado na parte interna do motor). A partir disso, o gerador realiza a conversão dessa energia mecânica em energia elétrica, possibilitando o abastecimento da edificação, garantindo o funcionamento dos aparelhos nela presentes.

Gerador de energia a gasolina ou gerador a diesel?

gerador de energia a gasolina

Apesar do gerador de energia a gasolina ser o mais indicado para edificações de pequeno porte, é importante verificar outros fatores antes de escolher esse equipamento. Residências e pequenos comércios podem contar também com outro tipo de gerador, o abastecido a diesel.

Sendo assim, quais critérios devemos utilizar para a escolha entre esses dois tipos de geradores? Vejamos as principais diferenças entre eles.

Em comparação ao gerador a diesel, o gerador de energia a gasolina:

  • Tem custo mais econômico;
  • É mais vantajoso para aplicações pontuais;
  • Apresenta menor emissão de ruídos.

A economia do gerador de energia a gasolina consiste, principalmente, em seu preço de aquisição. Estamos falando aqui especificamente do custo do equipamento. Pois, se avaliarmos o preço do combustível, veremos que a gasolina é mais cara que o diesel. Sendo assim, devemos nos perguntar: O preço de custo inferior é suficiente para tornar o gerador de energia a gasolina mais econômico?

Para responder a essa pergunta, é necessário que se saiba a frequência com que o equipamento será utilizado. Muitos locais precisam realizar o acionamento de seus geradores apenas pontualmente.

Uma residência, por exemplo, pode fazer uso de seu gerador apenas quando o fornecimento das empresas de abastecimento elétrico apresentar falhas ou quedas. O mesmo vale para lojas, mercadinhos e outros comércios pequenos.

Como esses casos não exigem o uso frequente do gerador, os equipamentos abastecidos a gasolina representam uma boa solução. Sendo os geradores utilizados apenas esporadicamente, a diferença de custo entre a gasolina e o diesel não chega a representar um prejuízo, visto que o consumo do combustível será baixo.

Por fim, a baixa emissão de ruídos também constitui uma importante vantagem do gerador de energia a gasolina. Se estamos pensando em geradores para ambientes pequenos, ou seja, que não possuem estrutura física para comportar geradores barulhentos sem que isso incomode os moradores ou frequentadores do local, contar com um equipamento silencioso é fundamental.

Quando tratamos de residências, esse fator constitui um critério para a qualidade de vida das pessoas que residem no local. Em relação a pequenos comércios, essa característica é também muito importante, pois interfere na qualidade da experiência do público consumidor durante a realização de suas compras.

Por que o gerador de energia a gasolina deve estar presente até mesmo em sua residência?

Considerando todas as informações aqui mencionadas, podemos concluir que a aplicação do gerador de energia a gasolina é útil para ambientes de pequeno porte e que precisem garantir o fornecimento constante de energia elétrica. A utilidade do equipamento é mais evidente quando associada aos estabelecimentos comerciais, uma vez que estes armazenam diversos itens perecíveis que devem ser mantidos em equipamentos de refrigeração, como freezers e geladeiras. Muitos produtos se enquadram entre os que apresentam essas necessidades, como é o caso de sorvetes, laticínios, cervejas, carnes, entre outros.

Apesar da importância do gerador de energia a gasolina para comércios, a sua aplicação em ambientes residenciais também é relevante. Atualmente, a energia elétrica é responsável pelo acionamento da maioria dos itens domésticos. Além de manter o funcionamento de geladeiras, contribuindo para a conservação de alimentos, essa energia também é essencial para o funcionamento de computadores, celulares e outros aparelhos tecnológicos. Ou seja, em casos de quedas no fornecimento de energia, uma residência pode ficar temporariamente privada de seus principais meios de comunicação. Devido a fatores como esses, a utilização do gerador de energia a gasolina em residências se torna cada vez mais recorrente.

Assim, podemos chegar à conclusão da utilidade desses geradores para a maioria dos ambientes. Em todo caso, para garantir a aquisição do equipamento mais adequado, basta avaliar: O gerador precisará ser acionado com grande frequência? O equipamento atuará apenas na alimentação de equipamentos comuns? Caso estejamos pensando nos eletrodomésticos de uma residência ou nos equipamentos de um comércio de pequeno porte, e caso o acionamento seja realizado apenas em casos de queda do fornecimento externo, o gerador de energia a gasolina é a opção mais indicada.

Deixe uma resposta