Gerador de energia: 3 dicas para escolher o melhor

É evidente a grande variedade de opções de gerador de energia presentes no mercado. Uma pesquisa é suficiente para revelar diversos equipamentos que variam em marcas, potência, tipos de combustível que utilizam, entre outras características. Por essa razão, é comum a dúvida a respeito de qual gerador adquirir.

Para escolher corretamente, é importante definir o que se pretende com a aquisição do equipamento, avaliando quais são as necessidades a serem sanadas. Confira as três principais questões a serem respondidas antes da compra de um gerador de energia.null

1ª. Em que tipo de ambiente será empregado o gerador?

O gerador será utilizado para garantir a alimentação de um parque de máquinas industrial? Para manter os aparelhos de um data center constantemente ligados? Ou para suprir as necessidades de um estabelecimento comercial? O ambiente onde o gerador de energia será aplicado é um dos principais fatores a serem observados, uma vez que cada tipo de ambiente exige um nível diferente de potência.

É relevante salientar que os benefícios proporcionados pelo uso de um gerador de energia não atendem somente a ambientes corporativos, industriais ou comerciais. Também estão disponíveis no mercado opções de geradores para necessidades menores, os chamados geradores residenciais. Esses equipamentos oferecem a alimentação necessária para manter o fornecimento elétrico de uma casa mesmo em casos de queda do fornecimento realizado pelas concessionárias de energia.

2ª. O gerador atuará como única fonte de energia da edificação?

Isso é uma possibilidade, mas, existem outras formas de fazer uso do gerador de energia. O equipamento pode ser utilizado também como reserva, para o caso de falhas do gerador principal. Também é possível que o gerador seja acionado apenas em casos de queda do fornecimento externo de energia elétrica.

Todas as formas de utilização do gerador estão diretamente ligadas ao tipo de atividade realizada no local. Alguns empreendimentos podem perfeitamente realizar suas atividades utilizando o fornecimento de energia realizado pelas concessionárias, porém, precisam de um gerador apenas para evitar problemas como eventuais perdas de dados ou interrupções na produção. Outros precisam garantir que de forma alguma os equipamentos sofram interrupções decorrentes de qualquer instabilidade no fornecimento de energia (como é o caso de hospitais e outras instituições de saúde, por exemplo).

Há também os empreendimentos cujas atividades dependem exclusivamente de geradores por não poderem contar com redes de fornecimento elétrico nas proximidades, o que ocorre com circos e outros tipos de estruturas temporárias para eventos.

Variáveis como essas criam grandes diferenças entre os modelos de geradores, fazendo necessária a escolha pelo equipamento mais adequado para a forma como será utilizado.

3ª. Com que frequência o gerador de energia será acionado?

Há empreendimentos que acionam seus geradores diariamente, sempre nos horários de pico em que o fornecimento das concessionárias se torna mais caro. Dessa forma, o gerador de energia se torna um recurso de economia para a empresa.

Existem também os casos, como já mencionado, que utilizarão constantemente seus geradores, bem como os que farão dele apenas uso pontual, nos casos de queda de eletricidade. Esse fator também interfere na escolha pelo gerador de energia ideal. Não são todos os modelos que possuem a capacidade de atuar de modo constante. Por outro lado, não compensa adquirir um gerador de grande potência (e, portanto, mais caro) para aplicações mais simples.

gerador de energia

Realizar a escolha correta garante não apenas o desempenho do equipamento, mas também a economia de quem o adquire. Um exemplo disso é a diferença entre os geradores a gasolina e a diesel. O custo do diesel é inferior ao da gasolina, o que torna o gerador a diesel mais econômico para os casos em que serão consumidas grandes quantidades de combustível. Porém, para acionamentos esporádicos, o gerador a gasolina é mais vantajoso pois, apesar de consumir um combustível mais caro, seu preço de custo inferior é suficiente para torná-lo mais econômico.

O que mais posso fazer para adquirir um gerador de energia compatível com as minhas necessidades?

Poder contar com diversas opções de gerador de energia é fundamental para possibilitar que sejam escolhidos os modelos mais apropriados para cada tipo de necessidade. Além da ampla variedade de geradores presentes no mercado atual, outro fator também contribui muito para garantir a perfeita adaptação do equipamento ao contexto em que este será aplicado. Esse fator é a possibilidade de aquisição de acessórios opcionais para o gerador de energia.

A solução garante que pequenas variações apresentadas por cada tipo de edificação ou por características específicas de um empreendimento sejam contempladas pelo equipamento de geração de energia. Entre os principais itens opcionais que podem ser encontrados no mercado, ganham destaque:

  • Canópias com atenuação sonora;
  • Silenciadores (com diferentes faixas de ruído);
  • Alarmes;
  • Sistemas de desligamento.

Esses itens contribuem não apenas para o desempenho do equipamento, mas também para a segurança da edificação e para atenuar a emissão de ruídos emitidos pelo gerador (o que é importante, sobretudo, para os geradores de grande porte).

A escolha correta pelo equipamento aliada à instalação dos acessórios opcionais certos é a receita ideal para garantir que o gerador de energia seja absolutamente compatível com as características do ambiente onde o mesmo será instalado. Assim, todos os tipos de ambientes podem contar com a garantia de fornecimento constante de energia elétrica.

Agora que você já conhece os critérios básicos para a escolha de um gerador de energia, já sabe que tipo de equipamento precisa adquirir? Certamente, o mercado dispõe da solução perfeita para as suas necessidades.

Deixe uma resposta